Tendências

Desmistificando o Color Blocking

Resolvi fazer esse post para sanar as dúvidas em relação ao Color Blocking. Tenho lido muitos posts e comentários a respeito da combinação das cores onde ela de fato, não existe.
Vamos entender: O nome já diz tudo: bloco de cores. Sua principal característica: a intensidade da cor. Como usar: duas, três ou quatro cores (depende do gosto pessoal) na mesma composição. E só! Quando misturados ao branco, preto, nude, azul marinho que são cores tradicionais e clássicas, a produção deixa de ser color blocking.
Sendo assim, se você vestir uma calça verde, uma camisa branca ou preta e por cima um tailleur amarelo, não diga que está de color blocking por aí porque não está. Menos ainda, se for apenas um sapato ou uma bolsa laranja. Entendido isso? Vamos às fotos para visualizarmos ainda melhor.

Não é color blocking porque o laranja está acompanhado de
 um floral e uma peça branca.


Color Blocking total!


Não é color blocking


As três composições são color blocking

A primeira foto (da esquerda para a direita) só será color blocking
se o casaco preto for retirado do look. As demais são.


100% color blocking


Não é porque existe a camisa branca entre as peças


É color blocking e a propósito, é uma linda composição


Nenhuma das duas fotos exibe color blocking

Com a calça preta não é color blocking
 
Só para acrescentar, essa “nova onda” existe desde a década de 1980.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *